SharePoint Framework – Overview

Olá SharePointers,

O SharePoint framework, atualmente em General Availability (https://github.com/SharePoint/sp-dev-docs/wiki/Release-Notes-GA), está pronto para utilizado e precisamos ter algumas coisas em mente:

Contexto de execução

Diferentemente do que acontece com os Add-ins, as webparts criadas utilizando esse framework rodam no contexto da página. Ou seja, não roda dentro de um iFrame.

Isso é muito importante!

Quando instalávamos um add-in, um site isolado era provisionado e a sua aplicação residia lá. No SharePoint Online por exemplo, a URL era: https://[tenant]-[id].SharePoint.com.

Mesmo quando você utilizava uma App Part para colocar o seu App dentro do contexto do seu site principal, internamente isso acontecia dentro de um iFrame e, com isso, a aplicação não conseguiria fazer mal ao seu site principal. (Lembre-se que ao instalar o Add-in, você precisa aceitar as permissões que são solicitadas).

Em uma Webpart do SharePoint Framework, por outro lado, roda diretamente no site, no DOM da página e com as permissões do usuário atual. Apenas para deixar claro, tudo o que o usuário logado tiver permissões para fazer, o código também terá permissões para fazer.

Utilização de Bibliotecas de Terceiros

É muito comum utilizarmos bibliotecas de terceiros em nossas aplicações. E, as vezes, utilizamos essas bibliotecas diretamente de CDNs.

Como eu disse no tópico anterior, como essas WebParts rodam diretamente no contexto do usuário, é preciso ter um critério muito grande em relação aos scripts que for utilizar, caso sejam maliciosos, eles podem causar problemas – fica aí um ponto de atenção para os administradores do portal.

Framework de Desenvolvimento

Uma coisa muito interessante desse modelo é que você tem a liberdade de trabalhar da forma como achar melhor.

Você pode utilizar Angular, React, Knockout, Handlebars ou seja lá o que for mais confortável para você. Isso é um grande passo da Microsoft, nos dá liberdade como desenvolvedores e permite trabalharmos da forma como nosso time estiver mais confortável.

 

E aí pessoal, compartilhem suas experiências com o esse novo framework. Estão utilizando?

Abraços! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *